QUESTÕES

51
Urbanismo > Planejamento e Gestão Urbana
  • Banca: CESPE
  • Órgão: MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO
  • Cargo: Analista de Infraestrutura - Desenvolvimento Urbano
  • Ano: 2012
  • Nº: 112

Com referência à urbanização de assentamentos precários, julgue os itens que se seguem.


A existência de áreas de risco em assentamentos indica a necessidade de previsão (aquisição, projeto e obras) de novas unidades para remoções e a necessidade de projetos de geotécnica especializados. A existência de áreas ambientalmente sensíveis implica prever a necessidade de estudos dos impactos ambientais. 

  • Banca: CESPE
  • Órgão: BASA
  • Cargo: Técnico Científico Arquitetura
  • Ano: 2012
  • Nº: 68

    De suas casas, a grande maioria dos brasileiros avistam ruas iluminadas e pavimentadas e não têm nas proximidades lixo ou esgoto a céu aberto, embora essa realidade não seja compartilhada de modo igual por todas as regiões do país. Esse é o retrato de 82,5% dos domicílios, conforme dados coletados pela primeira vez pelo IBGE no censo de 2010.
    Olhando sob outra ótica, ressal.tada pelo próprio IBGE, em pleno século XXI, 11% das moradias ainda convivem com ausência de saneamento e 5% delas, com lixo à porta.

Tendo o texto acima como referência inicial e considerando a multiplicidade de temas que ele suscita, julgue os itens que se seguem.


O número de vias está diretamente relacionado ao custo total dos parcelamentos, uma vez que a pavimentação e a drenagem são responsáveis por mais de 50% do custo total de infraestrutura.

  • Banca: CESPE
  • Órgão: MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO
  • Cargo: Analista de Infraestrutura - Desenvolvimento Urbano
  • Ano: 2012
  • Nº: 94

As previsões acerca da distribuição espacial da população mundial nos próximos decênios indicam que as maiores aglomerações urbanas estarão em países do hemisfério sul, e a metade da população desses países viverá em cidades. Conforme Relatório da Comissão Mundial do Meio Ambiente e Desenvolvimento, em apenas 15 anos, o mundo em desenvolvimento terá de aumentar em 65% sua capacidade de produzir e administrar sua infraestrutura, seus serviços e suas habitações urbanas, somente para manter as condições materiais nos níveis atuais. E em muitos países isso terá de se realizar em um quadro de grandes provocações e incertezas econômicas, com recursos abaixo das crescentes necessidades e expectativas.

Juan José Marcaro. Densidades, ambiência e infraestrutura urbana. Internet <www.vitruvius.com.br> (com adaptações).

Com base no texto acima, julgue os itens seguintes, relativos aos sistemas e obras de infraestrutura e parcelamentos urbanos, ao dimensionamento e à programação de equipamentos públicos e comunitários.


Os sistemas de infraestrutura urbana podem ser categorizados de acordo com a sua relação com a força da gravidade, da qual podem ser independentes, depender parcialmente, ou ser totalmente dependentes, como é o caso dos sistemas de esgoto. 

  • Banca: CESPE
  • Órgão: MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO
  • Cargo: Analista de Infraestrutura - Desenvolvimento Urbano
  • Ano: 2012
  • Nº: 90

No que se refere aos sistemas de infraestrutura e planejamento urbano, julgue os itens subsequentes.


O conjunto de serviços técnicos e os subsistemas técnicos de equipamentos necessários ao desenvolvimento das funções urbanas devem prever capacidade não utilizada, tanto quanto os meios para sua possível ampliação. 

  • Banca: CESPE
  • Órgão: MINISTÉRIO DO PLANEJAMENTO
  • Cargo: Analista de Infraestrutura - Desenvolvimento Urbano
  • Ano: 2012
  • Nº: 89

No que se refere aos sistemas de infraestrutura e planejamento urbano, julgue os itens subsequentes.


A complexidade estrutural ocasionada pela gestão de subsistemas urbanos gera condições de interdependência entre equipamentos e serviços. O plantio de espécies vegetais, por exemplo, obedece a critérios de dimensionamento diretamente relacionados à distância entre as fachadas marginais de determinada rua, altura das edificações e intensidade de tráfego.