QUESTÕES

51
Urbanismo > História e Evolução Urbana
  • Banca: CESPE
  • Órgão: BASA
  • Cargo: Técnico Científico Arquitetura
  • Ano: 2012
  • Nº: 55

Considerando a história da arquitetura e do urbanismo e a multiplicidade de aspectos a ela relacionados, julgue os itens seguintes.


O urbanismo com características barrocas persistiu por vários séculos, influenciando a configuração espacial da Barcelona de Cerda, da Paris de Haussmann, da Chandigarh de Le Corbusier e da Washington do século XIX. 

  • Banca: CESPE
  • Órgão: TJ-CE
  • Cargo: Analista Judiciário Arquitetura
  • Ano: 2014
  • Nº: 39

A respeito de evolução urbana, assinale a opção correta.

A) A escola de artes Bauhaus, fundada em 1919 por Walter Gropius, teve seu apogeu em 1933, por estar situada na Alemanha e devido ao apoio de Albert Speer, arquiteto e homem forte de Adolf Hitler.

B) A muralha da China é uma das três grandes construções feitas pelo homem que podem ser vistas a partir do espaço estratosférico.

C) Muitos dos casarões que compõem o centro de São Luís, capital do estado do Maranhão, têm suas fachadas revestidas por azulejos, importados predominantemente de Portugal, mas também provenientes da França e da Holanda, e cujo uso, além de configurar requisito estético, indicava o status social do proprietário do casarão e agregava altíssimo poder de impermeabilização na proteção contras chuvas fortes.

D) Após breve ocupação de três anos, em 1612, os portugueses foram expulsos da ilha de Trindade pelos franceses, comandados por Daniel de La Touche, que, mais tarde, fundou o forte e a Vila de São Luís e, em seguida, incumbiu seus engenheiros militares de traçar um plano urbanístico para a cidade que, hoje, é a capital do estado do Maranhão.

E) O primeiro grande ato urbanístico da República em Minas Gerais ocorreu em 1900: a transferência da capital do estado, de Ponte Nova para Belo Horizonte, esta inaugurada em 1898, e cujo traçado fazia evidente referência à capital francesa.

  • Banca: CESPE
  • Órgão: TJ-CE
  • Cargo: Analista Judiciário Arquitetura
  • Ano: 2014
  • Nº: 41

A respeito do tombamento de Brasília, patrimônio arquitetônico brasileiro, assinale a opção correta.


A) O sistema viário que serve às superquadras mantém os acessos existentes e as vias L1 e W1 ininterruptas, conforme se verifica na Asa Sul, devendo ocorrer o mesmo na Ala Norte.

B) A realidade física territorial correspondente ao bem tombado é compreendida como o conjunto urbano construído em decorrência do Plano Piloto vencedor do concurso nacional para a nova capital do Brasil, de autoria do arquiteto Oscar Niemeyer.

C) É garantido o acesso público à orla do lago Paranoá em todo seu perímetro, sem exceções.

D) A Plataforma Rodoviária do Plano Piloto é preservada em sua integridade estrutural e arquitetônica original, podendo, entretanto sofrer alterações as suas praças atualmente implantadas defronte aos Setores de Diversões Sul e Norte.

E) A manutenção do Plano Piloto de Brasília é assegurada pela preservação das características essenciais de quatro escalas distintas em que se traduz a concepção urbana da cidade: a monumental, a residencial, a gregária e a bucólica.

  • Banca: CESPE
  • Órgão: TRT-8
  • Cargo: Analista Judiciário Arquitetura
  • Ano: 2013
  • Nº: 3

Em 1931, na Carta de Atenas, foram traçadas diretrizes e fórmulas para o conceito de urbanismo moderno, que apresentaram como referência

A) a separação das atividades urbanas do habitar, circular, trabalhar e divertir.
B) as conquistas do novo estado operário e as perspectivas abertas pela industrialização.
C) determinadas práticas, como a deriva, a psicogeografia e as perambulações ao acaso pela cidade.
D) o projeto do arquiteto japonês Kenzo Tange para a Baía de Tóquio.
E) a alta tecnologia (high tech) como forma de expressão.

  • Banca: CESPE
  • Órgão: BASA
  • Cargo: Técnico Científico Arquitetura
  • Ano: 2012
  • Nº: 54

Considerando a história da arquitetura e do urbanismo e a multiplicidade de aspectos a ela relacionados, julgue os itens seguintes.


A perspectiva de um ponto de fuga, técnica desenvolvida por mestres do Renascimento, renovou o desenho da cidade, tendo-se originado em Florença, na Itália.