QUESTÕES

53
Conforto > Conforto Acústico
  • Banca: CESPE
  • Órgão: FUB
  • Cargo: Arquiteto e Urbanista
  • Ano: 2013
  • Nº: 121

PROVA DISCURSIVA
Aplicação: 13/10/2013


 

    O êxito alcançado pelo Museu de Arte Contemporânea (MAC), de Oscar Niemeyer, inaugurado em 1996, norteou a construção de uma série de obras, batizadas de Caminho Niemeyer. Com implantação às margens da baía de Guanabara, o projeto tem como ponto de partida uma grande praça junto ao mar. Nela está, entre outros, o Teatro Popular, acima ilustrado.

    Construído em concreto armado, o Teatro Popular (2007) é uma grande cobertura curva, que se origina nas empenas do edifício. Do térreo, parte uma rampa helicoidal, também de concreto armado, que conduz o visitante ao foyer do auditório, com capacidade para quatrocentos lugares e acesso situado no piso superior.

    As fachadas do edifício receberam diferentes soluções. Na área do foyer, adotou-se um grande pano de vidro com portas antipânico e sanca de iluminação revestida com painel de alumínio (Figura III). A face noroeste, voltada para a baía de Guanabara, tem envidraçamento duplo com brises internos, enquanto a oposta a esta (fachada sudeste) recebeu acabamento em azulejo amarelo e pinturas do próprio arquiteto.

Tendo as imagens e o fragmento de texto acima como referência inicial, redija um texto dissertativo acerca do Teatro Popular, de Oscar Niemeyer, construído em Niterói e integrante do Caminho Niemeyer. Ao elaborar seu texto, aborde, necessariamente, os seguintes aspectos:

  • a obra de Oscar Niemeyer, curvas e retas no Teatro Popular; [valor = 6,00 pontos]
  • eficiência térmica do brise-sanduíche em forma de colmeia entre vidros; [valor= 6,50 pontos]
  • laje curva na cobertura e o desempenho acústico do auditório em questão. [valor= 6,50 pontos]

Observação: Folha resposta de 30 linhas.


PADRÃO DE RESPOSTA

Quesito 1
Os elementos enfatizados no detalhe 1 refletem o espaço interno com o desnível do auditório, reto, que se contrapõe à sinuosidade da cobertura. Esta nasce em ângulo na fachada sudoeste e acaba, no outro extremo (fachada nordeste), infletindo para a vertical para formar um angulo de 90º em relação ao solo. Isso foi necessário, para permitir aí uma abertura do palco que dá para a área externa, onde poderão ocorrer espetáculos ao ar livre. O trabalho de Oscar Niemayer, nesta obra, mais uma vez, está carregado de emoção ao tratar o objeto arquitetônico com delicadeza e sinuosidade.

Quesito 2
O vidro duplo que contém uma colmeia em seu interior proporciona uma proteção à incidência direta da luz solar sem obstruir totalmente a luz. É o princípio do brise soleil que esta sendo empregado aqui. Mas a eficiência de um verdadeiro brise é maior, pois as lâminas, quando não estão contidas entre duas chapas de vidro, trabalham externamente, desprendendo o calor que é dissipado por convecção. Ou seja, outros valores da arquitetura falaram mais alto nessa opção. De qualquer maneira, o vidro duplo é recuado em relação à cobertura e à fachada, ficando menos exposto à radiação do que um pano de vidro explícito na fachada.

Quesito 3
Quanto à acústica, o vidro duplo protege a entrada de som no auditório por meio do efeito chamado de massamola- massa. Ou seja, o ar contido entre as duas lâminas anula as ondas sonoras oriundas do exterior. Internamente, tanto a curva da laje de cobertura quanto o refletor existente acima do palco – como mostra a figura V – ajudam a direcionar a voz do palco para a arquibancada.

  • Banca: CESPE
  • Órgão: ABIN
  • Cargo: Técnico de Inteligência Arquitetura
  • Ano: 2010
  • Nº: 121

Julgue o seguinte item, referente a conforto acústico.


Um auditório em forma de leque otimiza o binômio área e visibilidade e é adequado para palestras, mas para música a melhor forma é a retangular com pé direito alto.

  • Banca: CESPE
  • Órgão: MPE-PI
  • Cargo: Analista Ministerial Arquitetura
  • Ano: 2012
  • Nº: 101

Auditórios de uso múltiplo são áreas nobres dentro do conjunto de espaços em que estão inseridos. Assim, o auditório deve, necessariamente, atender a questões técnicas, propiciar conforto ambiental ao usuário e apresentar qualidade estética.

A partir do trecho acima, julgue os itens subsequentes, acerca dos aspectos referentes a projeto de auditório e acústica.


No que diz respeito ao isolamento térmico e acústico, esquadrias em alumínio associadas a vidros duplos com camadas internas de ar possuem melhor desempenho que sistemas de esquadrias de madeira. 

  • Banca: CESPE
  • Órgão: CEHAP-PB
  • Cargo: Arquiteto
  • Ano: 2009
  • Nº: 31

Com base nas figuras de 1 a 5, julgue os próximos itens.

I - A arquibancada superior, representada na figura 3, é muito íngreme, aproxima-se dos 45º, ou seja, 100% de inclinação.

II - A inclinação do auditório é variável e se inicia próxima ao palco com 0% de inclinação, aumentando gradativamente dentro de uma curva parabólica, chamada de curva de visibilidade.

III - No estádio João Havelange, não há curva de visibilidade: a arquibancada superior apresenta inclinação constante e acentuada, permitindo a visibilidade da borda do campo.

IV - O forro do auditório apresenta uma curvatura caprichosa, à semelhança da platéia. Além de promover um espaço interno interessante, as curvas geram melhor condicionamento acústico e melhor visibilidade.

A quantidade de itens certos é igual a

A) 1.

B) 2.

C) 3.

D) 4.

  • Banca: CESPE
  • Órgão: MPE-PI
  • Cargo: Analista Ministerial Arquitetura
  • Ano: 2012
  • Nº: 104

Auditórios de uso múltiplo são áreas nobres dentro do conjunto de espaços em que estão inseridos. Assim, o auditório deve, necessariamente, atender a questões técnicas, propiciar conforto ambiental ao usuário e apresentar qualidade estética.

A partir do trecho acima, julgue os itens subsequentes, acerca dos aspectos referentes a projeto de auditório e acústica.


Os materiais porosos e fibrosos são os mais indicados para resolver aspectos de acústica em um auditório, para qualquer frequência, como reverberação, absorção e reflexão.