QUESTÕES

120
Estruturas > Análise Estrutural
  • Banca: FCC
  • Órgão: MPE-AP
  • Cargo: Analista Ministerial Arquitetura
  • Ano: 2012
  • Nº: 44

A viga Vierendeel é utilizada quando se exige grandes vazios na alma, para passagem de tubulações ou de ventilação e de iluminação, ou para tornar visualmente mais leves as vigas de grande porte. É um sistema estrutural formado por barras que se encontram em pontos denominados nós. Pode-se afirmar corretamente que

(A) como a viga Vierendeel necessita que os nós sejam rígidos, é mais interessante o uso de materiais que facilitem a execução de vínculos rígidos, como o aço e o concreto armado moldado in loco.

(B) no caso da viga Vierendeel de aço, a soldagem entre peças é uma maneira fácil de executar os vínculos, e as seções tubulares circulares são as ideais, embora também possam ser utilizados outros perfis.

(C) a viga Vierendeel é uma estrutura com maior consumo de material mas, pela sua conformação, está sujeita a bem menos esforços, o que permite a abertura de vãos ao longo de sua extensão.

(D) a execução das barras de uma viga Vierendeel de concreto armado requer um trabalho de forma fácil de executar, sendo esta uma das razões que justificam a maior escolha desse material.

(E) os limites de utilização das vigas Vierendeel em relação aos vãos que pode vencer são bastante distintos em relação àqueles das vigas de alma cheia.

  • Banca: CESPE
  • Órgão: TJ-CE
  • Cargo: Analista Judiciário Arquitetura
  • Ano: 2014
  • Nº: 55

Na arquitetura, a casca estrutural caracteriza-se como 

A) membrana em tensão suportada por um arco de compressão.

B) tipo de estrutura de superfície delgada e curva que transfere as cargas aos apoios por tensão, compressão e esforço cortante.

C) similar às abóbodas tradicionais no que se refere à capacidade de resistir a esforços de tensão.

D) dotada de estruturas arqueadas tridimensionais que transmitem aos suportes somente esforços de compressão.

E) marco espacial esférico no qual se distribuem as cargas mediante um sistema de cargas lineares configuradas em um domo esférico, estando todos os seus elementos submetidos a um esforço direto.

  • Banca: CESPE
  • Órgão: TJ-AL
  • Cargo: Analista Judiciário Arquitetura
  • Ano: 2012
  • Nº: 57

Toda edificação tem, além de paredes e pilares, os planos horizontais, que são as lajes, caso haja mais de um pavimento, e a cobertura. A respeito do sistema construtivo e de coberturas e impermeabilizações, assinale a opção correta.

A) Em uma cobertura com laje impermeabilizada, deverá ser previsto nas juntas de dilatação tratamento específico compatível com os esforços atuantes. As juntas de dilatação devem ser coletores de água, com cotas menos elevadas no nivelamento do caimento.
B) A altura da onda de uma telha metálica para cobrir um galpão é inversamente proporcional ao espaçamento das terças.
C) Uma laje cogumelo é feita de concreto moldado in loco, apoiada diretamente no pilar, com hierarquia de vigas.
D) Uma laje alveolar é composta por painéis pré-moldados em que os cabos de protensão estão ancorados aos alvéolos.
E) Em uma cobertura com laje plissada, a projeção horizontal (planta) corresponde à laje e a projeção vertical (vista) à viga.

  • Banca: CESPE
  • Órgão: TJ-CE
  • Cargo: Analista Judiciário Arquitetura
  • Ano: 2014
  • Nº: 76

Durante o desenvolvimento do projeto estrutural de um edifício, verificou-se que não havia o detalhamento da distribuição da armadura de aço para as vigas.

Nessa situação,

A) o transpasse das barras longitudinais dependem do diâmetro dos agregados.

B) a armadura longitudinal deverá estar o mais próximo possível das faces das vigas.

C) será necessário considerar, nas barras com diâmetro elevado, o raio de curvatura da dobra, que pode exigir ferragens adicionais.

D) não se permite emenda por solda.

E) os estribos não devem ser definidos por cálculo estrutural, pois dependem exclusivamente da seção reta das vigas para definir espessura e espaçamento.

  • Banca: CESPE
  • Órgão: CNJ
  • Cargo: Analista Judiciário Arquitetura
  • Ano: 2013
  • Nº: 68

A respeito de fundações, estruturas e demais aspectos técnicos de projetos em edificações, julgue os próximos itens.


A sapata associada é um tipo de fundação rasa comum a vários pilares ou pontos de descarregamento distribuídos, cujos centros, em planta, estão situados no mesmo alinhamento.